390 – Alien – A Ressurreição (1997)

1997 / EUA / 109 min / Direção: Jean-Pierre Jeunet / Roteiro: Joss Whedon / Produção: Bill Badalato, Gordon Carroll, Davir Giler, Walter Hill; Sigourney Weaver (Coprodutora) / Elenco: Sigourney Weaver, Winona Ryder, Dominique Pinon, Ron Perlman, Gary Dourdan, Michael Wincott, Brad Dourif

Acho que essa é a semana mais triste para o blog, já que estou falando de várias franquias para o blog.  E “Alien” foi o ultimo filme a entrar nessa pegada de franquias ruins, primeiro que o terceiro filme encerrou de forma excelente tanto a saga da Ripley (Sigourney Weaver) quanto dos aliens, já que o ultimo da raça estava dentro dela. Mas claro que um coisa que os produtores sempre querem é mais e mais, ou melhor, lucro e mais lucro.

Continuar lendo

Anúncios

387 – O Predador (1987)

1987 / EUA / 107 min / Direção: John McTiernan / Roteiro: Jim Thomas, John Thomas / Produção: John Davis, Lawrence Gordon, Joel Silver; John Vallone, Beau Marks (Produtores Associados); Jim Thomas, Laurence P. Pereira (Produtores Executivos) / Elenco: Arnold Schwarzenegger, Carl Weathers, Elipidia Carrillo, Bill Duke, Jesse Ventura, Sonny Landham, Richard Chaves, Shane Black

Eu lembro que a primeira vez que eu assisti algo do Arnold Schwarzenegger foi na antiga locadora de um bairro onde eu morava, nem foi a famosa “Locadora do Trash” e sim outra, meu pai estava alugando algumas coisa e pedi para alugar dois filmes de ação o primeiro que foi “Exterminador do Futuro 2” e “Predador“. O “Exterminador” eu assisti inteiro e fiquei maravilhado com os efeitos especiais e também com o roteiro e tudo mais, já “Predador” não consegui terminar de assistir porque eu fique com muito medo daquela coisa que ficava invisível.

Continuar lendo

381 – Alien 3 (1992)

1992 / EUA / 114 min / Direção: David Fincher / Roteiro: David Giler, Walter Hill, Larry Ferguson / Produção: Gordon Carroll, David Giler, Walter Hill; Sigourney Weaver (Coprodutora); Ezra Swerdlow (Produtor Executivo) / Elenco: Sigourney Weaver, Charles S. Dutton, Charles Dance, Paul McGan, Brian Glover, Ralph Brown

Acho que de toda a saga “Alien” no cinema, essa terceira parte seja a que mais divide opiniões, porque ele é um filme bom e ao mesmo tempo ele é bem confuso. Apesar de mostrar uma nova fase da produção, abordando um outro planeta, onde ele é uma prisão e também com personagens mais profundos que o primeiro. O que acho que espanta é essa renovação que deixou o filme sim confuso e foi melhorando ao longo do tempo.

Continuar lendo

379 – A Cidade dos Amaldiçoados (1995)

1995 / EUA / 99 min / Direção: John Carpenter / Roteiro: David Himmelstein; Steven Slebert, Larry Sulkis (não creditados)(baseado no livro de John Wyndham) / Produção: Sandy King, Michael Preger; Davis Chackler (Coprodutor); Sean Daniel, James Jacks, (Coprodutores Executivos); Andre Blay, Shep Gordon, Ted Vernon (Produtores Executivos) / Elenco: Christopher Reeve, Kirstie Alley, Linda Kozlowski, Michael Paré, Meredith Stranger, Mark Hammil

Acho que “A Cidade dos Amaldiçoados” é um dos melhores “remakes” de todos os tempos, ou melhor, um dos melhores né? Já que John Carpenter que também dirigiu esse filme, no anos 80 realizou “O Enigma de Outro Mundo” que também é outra perola do terror. Já saiu um podcast do “Locadora do Trash” onde falamos da filmografia de Carpenter e o porque sua exaltação é merecida.

Continuar lendo

368 – O Horror Vem do Espaço (1958)

 

1958 / Reino Unido/ P&B / 74 min / Direção: Arthur Crabtree / Roteiro: Herbert J. Leder (baseado na história original de Amelia Reynolds Long) / Produção: John Croydon / Ronald Kinnoch (Co-produtor – não creditado); Richard Gordon, Charles F. Vetter (Produtores executivos – não creditados) / Elenco: Marshall Thompson, Kynaston Reeves, Kim Parker, Stanley Maxted, Terence Kiburn

 Quando estava na faculdade, meu trabalho de conclusão de curso foi um projeto chamado “Cinema, Guerra Fria e Paranoia“. Eu falei de como “Hollywood” usou o cinema para usar a população contra o comunismo e também para deixar as pessoas em alerta contra pessoas suspeitas. Nesse tempo começa a também existir a famosa “Caça as Bruxas” , onde o senador Joseph McCarthy propõe fazer uma lista de pessoas que estavam envolvidas com atividades comunistas. Então um monte de pessoas foi para essa temida lista e ficaram sem empregos, família foi excluída da sociedade. Um bom exemplo para entender esse período é assistir ao filme “Trumbo“, “Ponte de Espiões” e também “Boa Noite e Boa Sorte“.

Continuar lendo

331 – A Maldição de Samantha (1986)

 

1986 / EUA / 91 min / Diretor: Wes Craven / Roteiro: Bruce Joel Rubin (baseado na obra de Diana Henstell) / Produção: Robert M. Sherman, Robert L. Crawford (Co-Produtor), Patrick Kelley (Produtor Executivo) / Elenco: Matthew Labyorteaux, Kristy Swanson, Michael Sharrett, Anne Twomey, Anne Ramsey, Richard Marcus

Acho que esse é o filme que mais demorei para assistir dentro da filmografia de Wes Craven, o diretor que perdermos em 2015.  É engraçado assistir esse filme e vendo que ele é dos anos 80. Isso porque essa década foi onde ele mais fez filmes memoráveis como “A Hora do Pesadelo”, “A Maldição dos Mortos-Vivos” e “Shocker – 100.000 Volts de Terror”.

Continuar lendo

303 – Espinhos (2008)

2008 / EUA / 82 min / Direção: Toby Wilkins / Roteiro: Ian Shorr, Kai Barry / Produção: Kai Barry, Ted Kroeber; Iqbal Ahmed, Raj Patil (Coprodutores); Graham Begg; Chad Burris; Jamie Carmichael; Mark Cuban; John Glosser; Todd Wagner (Produtores Executivos) / Elenco: Charles Baker, Jill Wagner, Paulo Costanzo, Shea Wigham, Rachel Kerbs, Laurel Whitsett

Sabe aquele filme que você vê várias vezes por ai e não da bola, mas quando assiste é um puta de um filme? Assim é “Espinhos“, uma produção que pega referencias das melhores coisas que saiu nos anos 80 como “O Enigma do Outro Mundo“, “A Bolha” de Frank Darabont e também alguns elementos de Lovecraft como o horror “inimaginável“.

Continuar lendo