Scanners – Sua Mente Pode Destruir (1981)

1981 / Canadá / 103 min / Direção: David Cronenberg / Roteiro: David Cronenberg / Produção: Claude Héroux, Pierre David e Victor Solnicki (Produtores Executivos) / Elenco: Jennifer O’Neill, Stephe Lack, Patrick McGoohan, Lawrence Dane, Michael Ironside

Acho que um dos maiores fenômenos dos anos 80 que conquistou o cinema, principalmente de terror e também nos efeitos especiais é David Cronenberg. Ele é um dos expoentes da produção de horror canadense, muitos dizem que é um dos primeiros diretores a criar um verdadeiro filme de horror naquelas terras geladas. Uma das suas principais características dentro desse cinema é o famoso “body horror“, onde vemos o corpo humano como principal inimigo em seus filmes.

O legal é como suas produções flertam muito com a ficção cientifica e diz muito com a ciência como uma coisa que vai matar o ser humano. Exemplo vemos em filmes como “A Mosca“, “Gêmeos – Mórbida Semelhança“, “Videodrome” ou “EXistenZ“. É legal como ele faz esse paralelo principalmente agora nos anos 2010 ao vermos filmes mais cabeças como “Mapa para as Estrelas” ou  até “Um Método Perigoso” onde a psicologia entra como uma arma no formato de horror.

Mas dentro desse formato de filmes do Cronenberg, acho que “A Mosca” e o próprio “Scanners” é um dos meus favoritos. Adoro como ele consegue trabalhar com o roteiro e mesclar com algo que ele está acostumado e manda muito bem que é os efeitos especiais. E de longe esses dois filmes são os melhores.  A cena do começo desse filme, onde a cabeça de um homem explode é simplesmente genial e entrou de vez para a história do cinema.

O diretor diz que um dos piores filmes que ele já fez com certeza foi esse. Principalmente que fazer filmes no Canadá naquela época era para quem estava a fim mesmo. Então ele fez tudo na cara e na coragem. Como eles não tinham um orçamento grande e tempos de filmagem gasta que é um horror. A equipe de filmagem teve que começar a rodar a pré-produção, antes mesmo do roteiro estar terminado. Então de manha e a noite eles faziam a produção e filmagens e de madrugada David Cronenberg teve que fazer o roteiro.

A história conta sobre uma série de crianças que nasceram como uma experiência em laboratório, onde são conhecidas como  “Scanners”. Elas são pessoas com grandes poderes telecinéticos, capazes de matar com a força de suas mentes. Darryl Revok (Michael Ironside) é o mais poderoso de todos os Scanners, e está à frente do movimento deles de dominar o mundo. O doutor Paul Ruth (Patrick McGoohan) consegue encontrar um Scanner que Revok ainda não encontrou. Ele converte ele para a sua causa, para destruir o movimento dos Scanners. Gosto muito desse filme porque mostra também habilidade do diretor de mesclar histórias tanto da ficção cientifica como também do horror.

O maquiador Dick Smith que foi o responsável pela maquiagem de “O Exorcista” forneceu para Cronenberg os moldes e efeitos para ele fazer a maquiagem. Fora que também “Scanners” entrou para a cultura POP e influenciou vários filmes e séries como também “Stranger Things“. Com certeza  um dos meus preferidos do gênero de terror como também do cinema em geral. Um verdadeiro clássico e mostra toda a competência desse grande diretor que é David Cronenberg.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s