Se7en – Os Sete Crimes Capitais (1995)

1995 / EUA / 127 min / Direção: David Fincher/ Roteiro: Andrew Kevin Walker/ Produção: Arnold Kopelson, Phyllis Carlyle/ Elenco: Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow, Kevin Spacey, John C. McGinley

Já contei em algumas resenhas minhas aqui no “Terror Mania” de uma locadora que tinha perto de casa lá por 2000 ou 2001 que a promoção era 50 reais por mês e você alugava quantos filmes você quisesse por 1 mês. Isso me ajudou muito a ter esse gosto por cinema trash e tal. Então aluguei desde pornochanchada, terror, aventura e uns VHS bem desconhecido como os de “Kung Fu“.

Mas também assisti muito clássicos do cinema como “O Exorcista“, “Django“, “Matrix” e “Seven“. Lembro quando assisti o filme de David Fincher pela primeira vez, achei simplesmente maravilhoso, explodiu minha cabeça aquela narrativa, aqueles personagens, os crimes e claro o próprio “Serial Killer” interpretado por Kevin Spacey que só aparece nos momentos finais do filme, mas mesmo assim você acha que ele está ao longo da produção toda.

“Seven” é baseado no roteiro de Andrew Kevin Walker que escreveu também o roteiro de “O Lobisomem“, “8MM” e a “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça“. Uma curiosidade é que o final do filme era para ser outro com um final mais otimista, mas por um descuido da produção do filme, foi parar nas mãos de David Fincher o final que conhecemos hoje. E como ele foi oferecendo o papel para gente importante como Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow e Kevin Spacey. Eles só aceitavam fazer o filme se o final do filme fosse o mesmo do roteiro que Fincher possuía

Mas falar de “Seven” é falar de como o “acaso” transforma uma ideia num clássico do cinema. A “New Line” que a produtora e distribuidora do filme gostou do roteiro apresentado por Walker, mas claro que não achou aquilo a maior maravilha do mundo. Então chamaram um diretor de aluguel que na época era David Fincher que só tinha feito um filme que era o “Alien 3” no qual teve uma puta decepção e depois só fez vídeo-clipes. Isso é a prova também de quando a pessoa tem talento tudo muda. Por que esse filme foi o responsável pela virada na vida do diretor.

A história é sobre dois policiais o novato na cidade David Mills (Pitt) e o veterano William Somerset (Freeman), eles  são encarregados de uma investigação, sobre alguns crimes que aparentemente não são ligados. Mas aos poucos Somerset percebe que eles tem uma ligação com os pecados capitais e também percebe que eles na verdade estão atrás de um “Serial Killer”.

Acho “Seven” uma das melhores obras da década de 90 e mostra como uma produção que começou tímida, virou um marco do cinema tanto policial como o de terror. Adoro essa obra de David Fincher como também todas as sua filmografia. Um verdadeiro diretor que mostra como ninguém todo o seu potencial e também criatividade. E claro as cenas de gore e toda a motivação do psicopata é uma coisa única no cinema em geral.

Nota: 5 Caveiras

Baixe o filme com legenda aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s