O Sexto Sentido (1999)


1999 / EUA / 107 min / Direção: M. Night Shyamalan / Roteiro: M. Night Shyamalan / Produção: Kathleen Kennedy, Frank Marshall e Barry Mendel, Sam Mercer (Produtor Executivo) / Elenco: Bruce Willis, Haley Joel Osment, Toni Collette, Olivia Williams, Trevor Morgan, Donnie Wahlberg, Mischa Barton

Acho que um dos filmes mais incríveis do horror moderno e também dos anos 90 seja “O Sexto Sentido“. Não posso dizer que ele revolucionou novamente o gênero de horror. Mas ele conseguiu trazer aquele fôlego para os filmes de horror e também por mostrar ao mundo um dos melhores diretores desse gênero que tanto apanha.

M. Night Shyamalan no começo dos anos 2000 era um verdadeiro deus dos cinemas. Por conta de ser indicado em várias categorias no Oscar e também por mostrar uma forma nova de ver os filmes de horror, ou seja, aquele horror mais psicológico e contido. Lembrando que nos anos 90 tínhamos aqueles exageros em várias produções.

Mas voltando a falar do diretor, Shyamalan se consagrou em fazer filmes com um “plot twist” bem feito na verdade. “O Sexto Sentido” foi seu primeiro sucesso em bilheteria e reconhecimento e depois disso ele voltou a trabalhar com Bruce Willis e dessa vez foi com o filme “Corpo Fechado” que deu uma dividida na crítica, mas depois ele fez “Sinais” com o Mel Gibson que foi um verdadeiro sucesso e para mim um dos melhores filmes dele. E depois “A Vila” que na minha opinião é um filme muito bem feito e um dos melhores dele. Só que infelizmente o publico e crítica ficaram divididos na verdade.

Só que infelizmente ele começou a fazer filmes bem ruins na verdade e aquele toque de genialidade foi para água abaixo. Só em 2015 com o “found footage” “A Visita” é que vimos ele finalmente começando a engatilhar novamente com o publico e também com a crítica. Esse ano ele lançou o thriller Fragmentado” que para mim é um dos melhores do ano! Ou pelo menos está na minha lista de melhores do ano. Mas voltando a falar de “O Sexto Sentido“, é nesse filme que vemos como o diretor trabalha. Fazendo aqueles sinais famosos que percebemos só depois de vermos o filme umas 4 vezes na verdade, parceria com atores e também aquele “Plot” que no final estoura a cabeça.

Aqui Shyamalan escreve e dirigi o filme, coisa que ele faz em boa parte da sua filmografia. Para você ter uma ideia de como o filme foi tão bem realizado que os estúdios que produziu o filme antecipou a sua estréia em 2 meses e assim o filme pode concorrer ao Oscar, que apesar de estar em 6 categorias ele não conseguiu levar nada naquele ano. Mas é um filme bem realizado e que conta uma boa história e com um filme bastante impactante na verdade.

A história gira em torno de um psicólogo Malcolm Crowe (Bruce Willis) que começa a cuidar de um garoto, o problemático Cole Sear (Haley Joel Osment). O garoto, de 8 anos, tem dificuldades de entrosamento no colégio e vive paralisado de medo. Malcolm, por sua vez, busca se recuperar de um trauma sofrido anos antes, quando um de seus pacientes se suicidou na sua frente. Assim os dois se cruzam para resolver esse problema entre eles. A história como eu disse é muito bem realizada e bem feita e mostra todo o talento do diretor como também de Bruce Willis como de Haley Joel Osment, que apesar de agora não estar nem a sombra do que era quando garoto, da um show de atuação e te convence de que realmente “Você vê pessoas mortas!“.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s