O Bebê de Rosemary (1968)

1968 / EUA / 136 min / Direção: Roman Polanski / Roteiro: Roman Polanski (baseado na obra de Ira Levin) / Produção: William Castle, Dona Holloway (Produtora Executiva) / Elenco: Mia Farrow, John Cassavetes, Ruth Gordon, Sidney Blackmer, Maurice Evans, Ralph Bellamy

Acho que um dos filmes mais da hora e também um dos mais tenebrosos é “O Bebê de Rosemary“, tanto pela história do filme que é bem macabra, como também as histórias de bastidores envolvendo atores e também o diretor Roman Polanski. Ele teve uma tragédia grande na sua vida, tanto na infância ao perder a mãe num campo de concentração até quando ele casou com atriz Sharon Tate e na época do lançamento do filme ela foi assassinada em sua casa pelo culto Charles Mason.

O filme é baseado na obra do escritor Ira Levin e Polanski o adaptou para o cinema, o filme também faz parte da trilogia do apartamento que conta com “Repulsa ao Sexo” e “O Inquilino“. Adoro muito esse filme que conta com dois temas que gosto particularmente em filmes de terror que é o terror psicológico, no qual não sabemos se a vitima realmente está sendo perseguida ou é tudo um delírio da sua cabeça. Como também o caso do filme trabalhar com satanismo e bruxaria, sendo que em umas das cenas mais perturbadoras quando Rosemary (Mia Farrow) está dormindo e começa a sonhar, os atores que fazem um ritual foram todos treinados por Anton LaVey que é fundador da igreja satanista dos E.U.A

Outro fato sobre é “O Bebê de Rosemary” é que ele ganhou vários prêmios como também indicações ao Oscar, no qual ganhou dois prêmios, um pelo seu roteiro e outro de melhor atriz coadjuvante para Ruth Gordon. Outra curiosidade é que em 1978 foi lançado uma espécie de filme para a televisão chamado “Look What’s Happened to Rosemary’s Baby” que é uma continuação bem das safadas mesmo.

A história do filme é sobre um jovem casal, Rosemarey (Farrow) e Guy Woodhouse (John Cassavetes), que se muda para um prédio habitado por estranhas pessoas, onde coisas bizarras acontecem. Quando ela engravida, passa a ter estranhas alucinações e vê o seu marido se envolver com os vizinhos, uma seita de bruxas que quer que ela dê luz ao filho das Trevas.

Basicamente essa é a história e consegue ser muito bem contata com a direção magistral de Polanski e os atores que são fenomenais, não tem um que não consegue ser destacar Farrow, Cassavetes e Ruth Gordon dão um show. E não é atoa também que ela é muito lembrada até hoje em dia por esse filme.

Digo para assistirem esse filme que abriu portas para “O Exorcista” e também “A Profecia” que bebeu muito dessa fonte de direção criada por Polasnki. Um baita de um filme que até hoje se surpreende e consegue ser muito tenebroso, independente da idade que você tenha e a geração que você pertence. Um verdadeiro clássico do cinema! E também um parte chave para mostrar que o cinema de terror também consegue criar clássicos como “O Bebe de Rosemary“.

Nota: 5 Caveiras

Baixe o filme com legenda aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s