O Estranho Vício da Senhora Wardh (1971)

ugdjacdpgb7jthhirhiym1wsdjs

1971 / Itália, Espanha / 98 min / Direção: Sergio Martino / Roteiro: Vittorio Caronia, Ernesto Gastaldi, Eduardo Manzanos Brochero / Produção: Antonio Crescenzi, Luciano Martino / Elenco: George Hilton, Edwige Fenech, Cristina Airoldi, Manuel Gil, Carlo Alighiero, Ivan Rassimov

Gosto do gênero “giallo” por vários motivos, um deles é como a mecânica desses filmes funcionam, fora as bizarrices incomuns dos assassinos e também como do nada tudo pode mudar, ou seja, as vezes você não consegue decifrar de vez quem é o assassino, diferente de outras produções por ai que a coisa fica obvia de cara.

Mas tenho que tirar o chapéu para a “Versátil” essa distribuidora  que todo o cinéfilo ama, principalmente o fã de terror que é agraciado com várias versões restauradas coberta de extras, como também os box que eles lançam. Numa dessas que comprei o “Giallo Vol.1” que conta com vários clássicos do gênero e de diretores também como Lucio Fulci, Mario Bava, Dario Argento e agora o Sergio Martino que dirigiu “Torso“, outro clássico desse gênero. Quem assistiu dois ou três “giallos” provavelmente fala a celebre frase: “Viu um, viu todos”. Mas isso é uma grande mentira, não existe trama mais diversificada que esse gênero.

bapzuidfoacxh6214n4tuiq8nvy

Não vou ser hipócrita aqui e dizer que o filme é genial, apesar de ser um dos filmes bases para você entender o gênero. “O Estranho Vício da Senhora Wardh” de 1971, começa com uma trama bem arrastada e monótona, diferente de outros filmes em que o assassino é mais articulado e tal, esse ele é mais parado e também mais recursivo, apresenta a mesma forma de matar e tal. Mas como eu disse no começo da resenha, tudo pode mudar e é isso que acontece. Incrível como o  filme muda de figura e vira outra coisa, muito mais elaborado, consegue prender a atenção e você simplesmente não acredita no seu final.

O filme também apresenta várias curiosidades principalmente com o seu titulo, o nome original que é “Lo strano vizio della signora Wardh“, mudou de nome principalmente que uma mulher rica italiana com o nome “Ward” ameaçou processar a produção se não mudasse, então foi adicionado o “H” para diferenciar. No Brasil o filme saiu com dois títulos também “O Estranho Vício da Senhora Wardh” e “Lamina Assassina“. O filme pegou uma censura alta fora da Itália e Espanha que é um co-produção, mas mesmo assim a bilheteria do filme foi alta, se contar a crítica que elogiou bastante o diretor Sergio Martino.

svmw-fag-lighter-2

A o filme aborda a história de Julie Wardh (Edwige Fenech), que está de volta a Viena com seu marido Neil (Alberto de Mendoza). Mas a cidade se encontra aterrorizada por um maníaco assassino. Imediatamente Julie se lembra de Jean (Ivan Rassimov), que foi seu violento e sádico ex-namorado, que convenientemente voltou a cidade ao mesmo tempo do início dos assassinatos e retoma o contato com ela. Também entra em cena o enigmático e elegante George (George Hilton) que também demonstra seus interesses em relação a Julie. Assim, acompanhando os passos do assassino, Julie deve descobrir quem, entre os homens a sua volta, tem intenções mais nefastas que apenas levá-la para cama. Lembrando que esse filme tem um final bem legal e surpreendente.

Não vou me prolongar muito aqui porque mais o que diga sobre esse filme vai ser repetitivo e também pode estragar a experiência de assistir a essa obra, um filme realmente que vale a pena, mesmo com seu começo arrastado, você vai se surpreender com ele. E acredite! Nem todos os “giallos” são iguais e a melhor forma de comprovar isso é assistindo a todos eles, um gênero realmente fascinante.

svmw-straight-razor

Nota: 

Compre aqui  A Arte de Mario Bava

Compre aqui  GIALLO – O SUSPENSE ITALIANO

Compre aqui  OBRAS-PRIMAS DO TERROR Vol.1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s