Basket Case (1982)

basket_case_poster_01

1982 / EUA / 91 min / Direção: Frank Henenlotter / Roteiro: Frank Henenlotter / Produção: Edgar Ievins, Arnold H. Bruck (Produtor Executivo) / Elenco: Kevin Van Hentenryck, Terri Susan Smith, Beverly Bonner, Robert Vogel, Diana Browne

Comentei no post especial sobre o “halloween” que uma das tradições que fazia quando jovem com a galera da escola era passar a noite toda assistindo a filmes “trash“, comendo pizza de supermercado e bebendo refrigerante de marcas duvidosas. Eu sempre gravava os filmes no DVD e era uma alegria só, um desses filmes por acaso era “Basket Case“, lembro que a primeira vez que ouvi falar desse filme pensei que era alguma relacionada ao Green Day.  Quando eu assisti, meu irmão que viagem! Acho que foi ai que meu amor por filmes ruins só aumentou. O que era aquilo? Uma história besta com efeitos horroroso, atuações ruins. Nossa era perfeito!

Bom os filmes dos anos 80 eram coisas maravilhosas, vários clássicos do gênero do horror com esse tom pastelão foram produzidos, não vou citar porque o blog tem uma aba das “décadas do horror” só para isso, então é só clicar nos anos 80 e se divertir. Mas para começar a falar de ” Basket Case”, tenho que citar o diretor Frank Henenlotter que praticamente deu a vida para fazer esse filme, ele teve só uns finais de semana para filmar e ainda como era em Nova York, ou seja, as locações mais caras são lá. Ele gravava no melhor estilo John Waters que era filma tudo se a policia aparecer FOGE! E assim temos essa perola.

vlcsnap-2014-10-24-19h33m08s131

Mas o diretor é uma pessoa apaixonada por esse filmes exploitation dos anos 70 que passa em grindhouses. É notório em seu trabalho e na sua cinematografia essa influencia. Começando pela trilogia “Basket Case” e pelos seus outros filmes como “Frankenhooker” de 1990 e “Bad Biology” de 2008 que é um filme sensacional. Mas em todos os seus filmes esse misto de gore, sexo e comédia é uma marca que só melhora com as atuações que Henenlotter escolhe. O filme também é um daqueles casos que quando foi para o VHS ficou com a fama de cult e assim foi louvado.

A história do filme acompanha Duane Bradley (Kevin Van Hentenryck ) que chega em Nova Iorque com uma cesta. Ele aluga um quarto em um hotel barato, todos ficam curiosos para saber o que tem na cesta, inclusive nos espectadores, e só quando ele entra no quarto que é revelado o que tem dentro, nela vive seu deformado irmão gêmeo, que na verdade era siameses, a criatura se chama Belial. Os gêmeos foram separadas cirurgicamente contra suas vontades, e Belial ressente profundamente que está sendo cortado de seu irmão. Assim os gêmeos procuram vingança contra os médicos responsáveis pela sua separação, Duane faz amizade com uma enfermeira, Sharon (Terri Susan Smith). Numa cena para lá de bizarra, Sharon que ver o que tem dentro da cesta e assim Belial  escapa e tenta estuprar a namorada do irmão, mas como ele não consegue, ele fica nervoso e mata a moça. Assim Duane fica puto da vida com seu irmão e tenta matá-lo. O final do filme é uma das coisas mais bizarras que já vi, já adianto isso para quem for assistir.

vlcsnap-2014-10-24-20h01m19s195

O filme é na verdade um tributo ao cinema de baixo orçamento, apesar do roteiro simples até, os efeitos e tal. Ele demorou um ano para ser lançado, tanto pelo orçamento que era curto, como também os atores que precisavam trabalhar né? Mas enfim eu gosto muito desse filme e também pela época que eu assisti que eram boas e de certa forma inocente e sem saber claro iria formar meu caráter para filmes de terror e claro a minha paixão pelo trash!

basket_case_horror_review-10

Nota: 

Baixe o filme com legenda Aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s