Comunhão (1976)

 

alice_sweet_alice_poster_01

1976 / EUA / 98 min / Direção: Alfred Sole / Roteiro: Rosemary Ritvo, Alfred Sole /Produção: Richard K. Rosenberg, Marc G. Greenberg (Produtor Associado), Alfred Sole (Produtor Executivo) / Elenco: Linda Miller, Mildred Clinton, Paula Sheppard, Niles McMaster, Jane Lowry, Brooke Shields

Comunhão” é aquele típico filme que você nunca ouviu falar mas quando assiste fica bobo e com raiva por que nunca ouviu falar dele. A estrutura narrativa desse filme 1976 é clássica dos filmes de “slasher“. O assassino, uma mascara, uma faca e um motivo qualquer. Mas quando você mistura isso com a religião você tem uma baita de um filme.

Gostei muito quando assiste pela primeira vez a esse filme porque ele pega esse fanatismo católico, que apesar de hoje em dia pensarmos em fanatismo mais ligado a muçulmanos e etc. O fanatismo do catolicismo ainda é vivo no imaginário de várias pessoas. Então como no filme todos são bastante religiosos toda essa questão da duvida e do pecado é algo para aumentar as suspeitas de quem é o assassino.

tumblr_o7qpdnlafm1udhhrlo6_1280

A produção e direção ficou por conta de Alfred Sole que também co-escreve o filme. No elenco temos Linda Miller , Paula Sheppard e Brooke Shields, que tem 11 anos no filme e também marca a sua estréia no cinema. A história é centrada em uma menina adolescente problemático que se torna suspeita do assassinato de sua irmã mais nova em sua primeira comunhão. As cenas de violência são muito bem fotografadas que deixa tudo mais espantoso, principalmente quando Karen (Shields) é morta na igreja e jogada num baú e ainda por cima jogam fogo.

As suspeitas caem por cima de Alice (Miller) que sempre teve um comportamento diferente da irmã e se mostrando várias vezes cruel com a menina e também com comportamento estranho com os outros moradores. Como seu vizinho que é obeso mórbido e fica aquela sensação no ar que o cara é pedófilo e a menina sabe disso e tenta seduzido para ver o circo pegar fogo. Então sabemos que Alice não é flor que se cheira. E ainda mais quando ela começa a ver a irmã pela sua casa.

alice1

Assim o pai que é separado da mãe volta para ajudar na casa e começa a investigar o que aconteceu e de certa forma ouvir a filha quando ela fala que a irmã não morreu. Mas o que Alice vê é somente um capa amarela de chuva. E assim o pai dela começa a investigar isso, o que o deixa na mira do assassino. “Comunhão” foi Lançado em 1985, em VHS, com o título de “Communion”, e três anos mais tarde, relançado como “Holy Terror”. Finalmente chegou ao DVD, com o título “Alice Sweet Alice”, com uma reputação um tanto superestimada ao longo dos anos. E por conta disso poucas pessoas ouviram falar desse filme

Fato é que “Comunhão” é um baita de um “slasher” que apesar de seu final “cremoso” se assim posso dizer suaviza e muito questões importantes levantadas no filme. Como psicopatia infantil, o fanatismo religioso, negação dos pais em relação aos filme e etc. Mas isso dentro da produção é esquecida quando você vê que ao decorrer do longa as investigações as atuações dos atores são incríveis, mas quem se destaca é a Paula Sheppard, a irmã problemática. E lembrando de outros atores que dão o tom do filme e de certa forma são as peças para o quebra cabeça que é Rudolph Willrich, fazendo o padre, Jane Lowry, que faz a tia dominadora de Alice, e Alphonso de Noble como o vizinho obeso.” Comunhão” vale muito a pena ser assistindo ou redescoberto.

alice6

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s