Dagon (2001)

dagon-2001-poster-2

2001 / Espanha / 95 min / Direção: Stuart Gordon / Roteiro: Dennis Paoli (baseado no conto de H.P. Lovecraft) / Produção: Brian Yuzna; Carlos Fernandéz, Julio Fernandéz (Produtores Executivos) / Elenco: Ezra Godden, Francisco Rabal, Raquel Meroño, Macarena Gómez, Brendan Price, Birgit Bofarull, Uxia Blanco, Ferran Lahoz

Lembro quando vi a capa de “Dagon” pela primeira na locadora e lembro que caguei para o filme e tive essa mesma reação quando aparecia o filme em torrent para baixar e tal. Mas um certo dia quando estava passando pelo filmow, olhei novamente a capa do filme lá e cliquei para saber as informações desse filme. Primeiro vi que foi dirigido pelo Stuart Gordon, então ok. Depois ele foi adaptado de uma obra de H.P. Lovecraft então dois pontos, mas o que matou para eu assistir foi a história que envolve monstros marinhos e rapaz, o que me anima mais em filmes do que lobisomens e zumbis são monstros marinhos.

Assim resolvi baixar o filme e assistir logo. E sabe aquelas reações de porque eu demorei tanto para ver isso? A direção do Stuart Gordon é demais, roteiro é incrível, a direção de arte, maquiagem e claro as atuações que arrasam e também mostra como o diretor sabe o que faz, porque a maioria do elenco são só atores de começo de carreira. A produção é clássica dos filmes de Gordon, com ele na direção, Brian Yuzna na produção e Dennis Paoli no roteiro. lembrando que é esse mesmo trio que fez coisas fodas e baseadas nas obras de Lovecraf. Como “A Hora dos Mortos-Vivos“, “Do Além“, “Castelo Maldito” e uma obra que amo muito que é retirada de “Mestres do Horror” que é “Sonhos na Casa da Bruxa“.

dagon2b3

Dagon” é baseado em dois livro do escritor H.P. Lovecraft, o primeiro que leva o nome do filme e depois a sombra de “A sombra de Innsmouth” que pega mais a áurea da produção. Quem já leu algum livro do Lovecraft sabe como ele trabalha, ele gosta muito dessas coisas de cultos secretos, uma criatura mitológica e também um horror que é inexplicável. O roteiro trabalhou bem em cima dessa obra do escritor e tendo essa liberdade de trabalhar como ele quiser, sem ficar algo solto e não aproveitar esses principais pontos que eu disse das obras que enriquece tanto os livros como o roteiro.

A história é rodada toda na Espanha e o legal que ele foge daquele ar americanizado e tal. Na história conhecemos um jovem milionário, Paul Marsh (Ezra Godden) que está aproveitando as férias com a sua namorada Bárbara (Raquel Meroño), já sabemos que tem algo sobrenatural no local e com o próprio Paul, porque ele sonha com um local submerso onde ele explora e ele vê uma sereia em seus os sonhos. E claro depois por todo seu desenrolar. Depois que é apresentando os dois, vemos que ele está com o seu sócio Howard (Brendan Price) e a esposa Vicki (Birgit Bofarull). Mas logo uma estranha tempestade se aproxima e acontece um acidente com que faz que Vicki fique presa no barco, assim Paul e Barbara vão até a estranha ilha Inboca ( que é referência a Innsmouth).

dagon-miskatonic

Quando eles chegam na ilha, tudo está vazio. Mas na igreja eles encontram um padre que ajuda eles. Mas aos poucos vamos descobrindo que a ilha é na verdade é habitado por seres das profundezas do oceano. Como eu tinha dito que Lovecraft adora falar de culto estranhos e tal, aqui ele volta a trabalhar com o culto de “Dagon” e assim as pessoas que viviam na ilha, logo se transformam em peixes, ou melhor, anfíbios bizarros que lembra e muito aquele filme “A Experiência” pela estranha metamorfose que eles tem ao longo da história toda.

Paul logo saca que tem algo muito errado no local e assim o filme passa a ser um “survivor” e com a direção frenética de Gordon, descobrimos o que aconteceu na ilha e também o que são aquelas pessoas. E o legal também é como vamos passeando pelos locais e tudo sobre o olhar desconhecido que Paul também tem do local. Então tudo é realmente uma surpresa. Assim também descobrimos mais sobre o culto de “Dagon” como também o estranho envolvimento de Paul com o culto e a sacerdotisa Uxia Cambarro (Macarena Gómez), que mais para frente vemos que eles são meio-irmãos e que o pai de Paul é uma criatura do culto. Porque sua mãe vivia naquela ilha e fugiu para que seu filho não virasse uma criatura daquelas.

tumblr_o30pi8AcAh1qzr8nao1_1280

O filme demorou 15 anos para ser feito. E acredito que a demora foi boa para o amadurecimento das pessoas envolvidas. Visto que eles queriam lançar nos anos 80 e não querendo falar mal de Stuart Gordon, acredito que ele não estava preparado para dirigir “Dagon” nesse momento. Apesar do baixo orçamento ter sido um problema e vemos aquela computação fuleira, que acredito que até em 2001 deve ter sido difícil de engolir aquilo. Em nenhum momento vemos o filme ser menosprezado ou se apoiar na tecnologia para termos uma boa trama. Recomendo fortemente “Dagon“, essa obra agrada não só fãs de terror como também fãs de Lovecraft.

Nota:  5 Caveiras

Baixe o filme com  legenda aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s