A Inocente Face do Terror (1972)

cxzAmYS

1972 / USA / 108 min / Direção: Robert Mulligan / Roteiro: Tom Tryon (Livro e roteiro)/ Produção: Robert Mulligan, Tom Tryon, Don Kranze / Elenco: Uta Hagen, Diana Muldaur, Chris Udvarnoky, Martin Udvarnoky

Eu lembro nitidamente quando assisti uma cena de “A Inocente Face do Terror“, foi na Band. Eu era muito novo, mas eu lembro que vi uma cena especifica onde um menino segurava um rato e uma moça se assustava. Anos se passou e claro não lembrava que filme era aquele e não achava no Google o nome do filme. Mas pasme quando a “Versátil” lança “Obras – Primas do Terror vol.3” e vejo na contra-capa um menino loiro e a sinopse e penso: Será? Não pode ser. E quando assisto e vejo a tal cena! Meu deus é o filme que vi quando era criança.

a45b8c86e3834d448d4f34db3adcf991

E digo que deveria ter assistido esse filme antes de tantos que usaram a mesma forma. A verdade é que não sei se esse filme foi o primeiro a usar essa formula de terror psicológico com irmão gêmeos. Lembro que o primeiro que vi foi o “Medo” do diretor coreano Kim Jee-woon e o mais recente “Boa Noite, Mamãe” que gostei bastante. Mas mesmo assim gostei bastante de “A Inocente Face do Terror“, o duro é que você já sabe que um dos meninos está morto. Querendo ou não por ter visto tantos filmes  com uma temática parecida você já deduz isso, mas é sempre chocante ver “crianças assassinas“.

O filme é baseado no livro na obra de Tom Tryon que também escreveu o roteiro para o filme. Tryon que também é ator e fez diversas perolas da época do “atomic horror” como “Casei-me com um Monstro” e “O Incrível Homem do Espaço“. Infelizmente ainda não li o livro, o que espero fazer daqui alguns meses. Mas o que li de resenha, o diretor Robert Mulligan que é mais conhecido por ter dirigido um clássico que é “O Sol é Para Todos” conseguiu pegar o espírito do livro que são os segredos e o cotidiano de uma fazenda que aos poucos vai virando um inferno.

El otro - the other - 1972 - fotocromos - lobby003

A história começa já introduzindo os irmãos gêmeos Niles e Holland (Chris e Martins Udvanorly), aos poucos vamos acompanhando o dia – a – dia deles. Mas também percebemos que aquela família não é das mais normais também. Tudo se passa na America dos anos 30, numa fazenda.  A família toda mora no na mesma casa e assim vemos também que a mãe dos meninos sofre de depressão por um trauma. Quando a história avança um pouco, vemos que se trata do famoso caso do irmão gêmeo bom e outro mal (Ruth e Raquel). Niles que é um menino bom e generoso, sempre é vitima das influencias do irmão Holland. Que começa já matando o primo de uma forma cruel e depois a senhora local é sofre um ataque cardíaco quando o menino vai visitá-la (Foi essa cena que ficou na minha cabeça a anos).  Tirando claro que temos um segredo que o filme esconde o tempo todo. Niles tem um anel que não fica claro como ele conseguiu e também o motivo do trauma da mãe.

A única que suspeita de algo é avó dos meninos, Ada (Uta Hagen) que vê o comportamento de Niles piorar. Quando ela vai confrontar finalmente o neto a revelação acontece, como eu disse no começo da resenha, se você já viu alguns filmes mais recentes de “gêmeos mortos” já sabe o que está por vir. Mas a forma que acontece tudo, por mesmo que não seja uma surpresa é uma surpresa. Assim novamente o filme nos pega de jeito e claro o final do filme é assustador.

| makma.net

Sinceramente só tenho elogios a esse filme e a ótima direção de Robert Mulligan, que faz uma direção soberba ao esconder a verdade até o ultimo instante e também soube aproveitar a atuação dos gêmeos Chris e Martins Udvanorly, que mandaram muito bem. Um bom filme e que vale a pena ser apreciado e visto como ele influenciou um monte de filme que vemos por ai como já citados antes e ver “crianças assassinas” é um treco muito assustador mesmo.

Nota: 

Compre o Obras-Primas do Terror (Vol. 3)  aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s