Deu a Louca nos Monstros (1987)

monstersquad_poster

1987 / EUA / 82 min / Direção: Fred Dekker / Roteiro: Shane Black e Fred Dekker  / Produção: Keith Barish, Rob Cohen, Peter Hyams, Neil A. Machlis e Jonathan A. Zimbert / Elenco: Andre Gower, Robby Kiger, Stephen Macht, Duncan Regehr, Tom Noonan, Brent Chalem, Ryan Lambert, Ashley Bank, Michael Faustino, Mary Ellen Trainor e Leonardo Cimino   

Deu a Louca nos Monstros talvez seja o filme mais genial dos anos 80. Claro com uma cacetada de outros filmes. Mas esse filme reúne tudo que uma criança gosta como “Goonies” e “Monstros“. O diretor Fred Dekker foi muito feliz na realização desse filme. Primeiro por mostrar como eu disse um coisa legal que é a junção num elenco “Goonies”, onde temos crianças ao meio daquele ambiente fantasioso, mas ao mesmo tempo muito sério e também pelos monstros.

Inicialmente era para o filme ter ficado somente no VHS, mas graças a repercussão do publico ao meio do filme. Ele foi lançado para os cinemas e assim ele se tornou um clássico cult. Para quem não se lembra, ele passava direto na “Sessão da Tarde” e isso queria dizer alguma coisa. A maquiagem do filme que é uma coisa a parte e muito bem feita, ficou por conta de Stan Winston que foi nada mais e nada menos do que o responsável pela maquiagem e efeitos de “O Enigma do Outro Mundo“, “O Exterminador do Futuro” e “Inteligência Artificial“.

monstersquad2

O roteiro foi escrito por Dekker que tinha realizado em 1986 o excelente e mega foda “A Noite dos Arrepios” que é um puta de um filme “sci-fi” que mistura elementos de terror. E já é crítica aqui no “Terror Mania“. Mas em “Deu a Louca nos Monstros” ele escreveu com Shane Black que é o mesmo diretor de “Homem de Ferro 3” e roteirista da quadrilogia “Maquina Mortífera” e também do subestimado “O Ultimo Grande Herói“.

A história por mais simples que seja, consegue invocar um estado de alegria, colocando assim e também de emoção ao vermos as crianças dos anos 80 e a comparação das de hoje. O filme começa quando Van Hellsing está na Transilvânia caçando o poderoso Drácula (Duncan Regehr). O famoso matador de monstros consegue capturar os monstros e assim os aprisionam. Mas passando séculos. Estamos nos E.U.A dos anos 80 e assim temos alguns garotos que tem um “clube de monstros” e conhecemos a cabeça da turma. Sean (Andre Gower) sabe tudo sobre monstros, terror e fantasias. O filme faz referência a um monte de coisas como a camiseta que ele usa com os dizeres “Stephen King Rules” e também quando ele tenta ver um filme de terror que é uma clara referencia a “Sexta Feira13“, quando pensamos que o assassino está morto mas ele volta no outro filme.

still-of-brent-chalem-and-andre-gower-in-the-monster-squad-(1987)-large-picture

Todos esses elementos enriquecem a trama o deixando mais gostoso de assistir.  Quando Drácula chega para colocar o caos, ele convoca novamente os monstros clássicos da universal. Assim temos a “Múmia“, “O Lobisomem“, “Frankstein” e claro “O Monstro do Lago Negro“. Aos poucos vemos que a cidade vai virando um caos, principalmente quando Drácula tenta recuperar um artefato que vai dar poderes ilimitados. Únicos que podem deter os planos deles são os meninos. E assim temos aquela fauna dos anos 80. O garoto que só pensa em mulheres Patrick (Robby Kiger), o gordinho Horace (Brent Chalem) e o valentão carinhoso que é Rudy (Ryan Lambert). Assim temos aquela fauna que vão se unir para caçar e frustrar os planos dos monstros.

IMG_1602

Os pontos legais do filme como abordei é a nostalgia ao vermos os monstros e também aquela garotada da hora que você queria andar quando tinha uns 11 ou 12 anos. Gosto muito do diretor Fred Dekker porque ele consegue atingir todos os grupos e também fazer filmes mas muito fodas. Uma pena não vermos mais filmes com essa temática e também com essa descontração A rumores de um “remake“, mas né? O que esperar? Infelizmente não estamos mais nos anos 80.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s