Halloween 4: O Retorno de Michael Myers (1988)

halloween-4-return-of-michael-myers-poster

1988 / EUA / 88 min / Direção: Dwight H. Little / Roteiro: Alan B. McElroy; Dhani Lipsius, Larry Rattner, Benjamin Ruffner, Alan B. McElroy (história) / Produção: Paul Freeman; M.N. Sanousi (Produtor Associado); Moustapha Akkad (Produtor Executivo) / Elenco: Donald Pleasence, Ellie Cornell, Danielle Harris, George P. Wilbur, Michael Pataki, Beau Starr, Kathleen Kinmont

Se tem uma coisa que resume jogar uma boa franquia no lixo é “Halloween“. Todos sabem o sucesso que foi o primeiro filme que conta com a direção brilhante de John Carpenter e também o sucesso que foi as franquias do “slasher” e sua fama.

Apos o fracasso de “Halloween III“, que tem uma proposta interessante mas o sucesso com Michael Myers, fez com que a sequencia levasse um tiro no pé. O produtor Moustapha Akkad decidiu ressuscitar nosso “serial- killer” favorito. Originalmente o filme era para ser escrito por Carpenter e sua sócia  e produtora Debra Hill, mas sábio como é ele saiu fora dessa bomba. Deixando o trabalho para Dhani Lipsius e Larry Rattner que na verdade era o primeiro trabalho deles como roteirista e assim assumir um clássico desse foi  um erro.

halloween-4-michael

Assim o filme começa logo depois do segundo filme, onde descobrimos que Michael sobreviveu ao incêndio e também o doutor Sam Loomis (Donald Pleasence), na verdade a melhor coisa no filme é sempre o Donald Pleasence. Até na sexta parte que uma bosta completa. Ele consegue salvar por algumas cenas. Mas enfim Myers está de volta e assim quer massacrar novamente. E dessa vez ele vai atrás da sua sobrinha ( que não tem pé e nem cabeça, já que ele matou a irmã adolescente e sem filhos). Enfim ele vai até ela e descobrimos que a pequena Jamie (Danielle Harris) foi adotada e também que ela é parente do temido assassino Michael Myers.

Depois dos eventos que aconteceram no hospital se passa 10 anos e assim em 31 de Outubro de 1988 ele está de volta! A cidade de Haddonfield vive sobre o mito de Myers e assim temos essa fauna sobre o assassino. E quando Loomis vai atrás dele na cidade o terror começa. Muitas coisas que o diretor Dwight H. Little usou no filme, foram aspectos que Carpenter usou no primeiro filme. O assassino imortal, a frieza dele e também como ele é esperto em armar suas matanças.

LaquO

Aos poucos vemos que na verdade o filme é mais uma furada das continuações que saíram no final dos anos 80 e começo dos anos 90. A parte final do filme é legal e consegue segurar aquele suspense que estávamos acostumado. Mas o mito de Myers ter esse super-poderes. Conseguir sobreviver a tanta coisa. Como uma “chuva’ de balas descarregando nele. Realmente não tem uma explicação e o roteiro se apóia em coisa que não tem sentindo dentro do universo de “Halloween”. Como ele ser quase invisível e também matar três cara dentro de uma picape. Como é isso possível?

Halloween4

E claro que o final não tem sentindo nenhum. Quando Jamie, a sobrinha de Myers está a salvo em sua casa. claro que ela está vestida com a fantasia que seu tio usou para matar seu familiares. A pequena faz a mesma coisa e assim ataca sua tia. E no final temos o dr. Loomis tendo um ataque de pelanca quando ele vê que a menina virou  uma assassina igual ao tio.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s