King Kong vs. Godzilla (1962)

gzCN4s8clNflKc1ef0s0nTsqt1J

1962 / JAPÃO / 91 min / Direção: Ishirô Honda / Roteiro: Shinichi Sekizawa, Willis O’Brien, George Worthing Yates (Versão Americana)  / Produção: Tomoyuki Tanaka, John Beck / Elenco: Tadao Takashima Kenji Sahara Yu Fujiki Ichirō Arishima Mie Hama Shoichi Hirose Haruo Nakajima

Difícil falar de clássicos, ainda quando estamos falando de um filme que coloca em choque dois ícones do cinema. King Kong e Godzilla, muito tem o que falar desse filme e também todo o seu desenvolvimento. A ideia do roteiro que é bem desenvolvido, direção, produção e claro a melhor coisa que é a direção de arte. Sendo um fã incondicional do “trash” e também de “kaijus“.

Lembro bem quando passava na Record ou até no SBT esses filmes clássicos de monstros, caso era que vi vários e também de vários títulos. Como “Godzilla 2000“, “Godzilla Contra o Monstro do Mal” e também o clássico “Godzilla contra MechaGodzilla“. Enfim, as variedades dos filmes não tira seu estilo único e pitoresco. Temos que lembrar que King Kong também não fica atrás. Ele ganhou algumas continuações boas. Como os próprios filmes dos anos 70 e 80. Mas o que perdeu a mão foi o “King Kong” do Peter Jackson. Aquilo foi um erro. Uma coisa medonha que dever ser esquecida, como também ou ainda mais é o caso do Godzilla de 1998 do Roland Emmerich, aquilo sim é uma coisa para se enterrar no fundo do inferno.

kingu-kongu-tai-gojira-(1962)-large-picture

O filme é surpreendente porque o diretor do primeiro filme do “GodzillaIshirô Honda, teve a ideia de realizar algo grande e assim. Pegou King Kong sem avisar a Universal que é dona dos direitos do gorilão e algo incrível aconteceu. Invés deles censurarem ou até processarem. Compraram a ideia e assim ajudaram a realizar o filme a distribuir nos E.U.A e também fizeram uma “versão americana”. Onde a introdução foi feita pelos gringos.

Com o derretimento radioativo de uma calota polar, Godzilla está livre e assim caminha até o Japão para devastar tudo que vê pela frente. Assim a população entra em crise. E o interessante é que a introdução, principalmente na parte do King Kong é igual a de 1933 e assim temos o capitalismo influenciando fortemente a vida de pessoas. Um novo imperialismo, se podemos classificar assim. E uma empresa farmacêutica vai na Ilha Faro e lá descobrimos que ela é povoada por uma raça desconhecida. Japoneses negros, sinceramente isso daria o maior processo na vida. Mas tudo é ignorado e assim, Temos a primeira aparição do rei dos macacos “KING KONG“.

Enquanto isso no Japão, algumas pessoas sofrem quando o mostro largatão começa a ir rumo a Tóquio destruindo tudo na maldade e a única chance de sobrevivência é a bomba atômica, ou seja o roteiro rasgou o primeiro filme e colocaram uma nova proposta dentro do filme. Mas quando Kong é capturado e levado até o Japão, detalhe que eles construíram um bote enorme em um dia. Isso mostra toda a eficiência nipônica.

KKvsG_treesnack

Ma a única alternativa de sobrevivência é colocar os dois monstros numa luta até a morte. Primeiramente Godzilla sai vitorioso porque ele tem super-poderes, como sua cauda que puxa um poder grande e seu bafo congelante. Então que Kong leva um pau feio de Godzilla e sai cabis baixo e mal por ter perdido. Então ele faz a única coisa que sabe direito que é subir em lugares altos e capturar mulheres. Assim Kong é abatido e levado novamente ao campo de batalha, mas algo acontece e incrivelmente ele ganha poderes elétricos e como Godzilla é alérgico a eletricidade Kong ganha facilmente de seu inimigo.

King Kong vs. Godzilla é simplesmente genial e apresenta uma qualidade incrível em todo sua produção. Desde os mínimos detalhes até os grandes. Algumas pessoas podem achar tosca a maquiagem ou até os efeitos especiais. Mas cara onde íamos ter uma chance de ver tudo manual como esse filme de 1962. Recentemente foi soltado uma nota que em 2020, vamos ter um combate novamente entre os dois. Mas sinceramente para mim é bosta á vista. Ninguém consegue fazer monstros gigantes como os japoneses. E isso é um trabalho sensacional. Acho que falta para o mundo são mais filmes excelentes como “King Kong vs. Godzilla” e claro mais diretores como Ishirô Honda um gênio da ficção.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s