A Maldição – Raízes do Terror (1987)

MV5BNzMxNTc4M2EtMWI3OC00NWZiLThlYmMtZTJmMjJlZWFjYjk0XkEyXkFqcGdeQXVyMTQxNzMzNDI@._V1_

1987 / EUA, Itália / 92 min / Direção: David Keith / Roteiro: David Chaskin (baseado no conto de H.P. Lovecraft) / Produção: Ovidio G. Assonitis; Lucio Fulci (Produtor Associado); Moshe Diamant (Produtor Executivo) / Elenco: Wil Wheaton, Claude Atkins, Malcom Danare, Cooper Huckabee, John Schneider, Amy Wheaton

Bom se tem uma coisa que posso lembrar desse filme é a capa do VHS. Me lembro bem na infância entrar na sessão de terror da locadora do bairro e ver aquela mão gigante erguendo uma casa. Achava aquilo assustador, ainda por ser desenhado e tal. Quando burro velho achei para torrent o filme e logo abaixei. Mas tamanha é a surpresa quando vejo que o filme é bem mais ou menos.

O filme é um remake dos anos 60 que se chama “Morte Para um Monstro” , ele foi estrelado por Boris Karloff e dirigido por Daniel Haller que fez filmes da hora até nos anos 70 como “Altar do Diabo” e o clássico “sci-fi” “Buck Rogers no Século XXV”. Mas nesse remake dos anos 80 vemos algumas coisas diferentes e também um mistura de ficção cientifica com o horror. É um típico filme dos anos 80. Mas o conteúdo que a produção carrega da um outro tom a essa obra.

MV5BYmU5ZTkxZjEtZmMyOC00ZWIwLTgxMWItYTFmMGFhMGRmNmY3XkEyXkFqcGdeQXVyMTQxNzMzNDI@._V1_SX1366_CR0,0,1366,768_AL_

Vale lembrar também que “A Maldição” é baseado em um conto de H.P. Lovecraft.  Então tem coisa boa ai! Mas será mesmo? É legal como o filme já começa rondando a família que vai ser protagonista da trama. Vemos um pai ultra religioso, que na minha opinião é o maior perigo do filme. O roteirista David Chaskin que também fez o péssimo roteiro de “A Hora do Pesadelo 2” , trabalhou bem nesse roteiro, criou bem a personalidade de cada pessoa. A mãe que é censurada por querer sexo e o pai vê tudo como um ato pecaminoso. O filho que é vivido por Wil Wheaton se encaixa perfeitamente na trama. Mas o destaque maior fica por conta do próprio pai, já que os vilões são os mais amados.  O ator Claude Akins faz o pai da família. Você deve conhecer ele por vários filmes da hollywood clássica. Clássicos como “O Planeta dos Macacos”, “Onde Começa o Inferno” e “O Monstro do Armário” esse ultimo que inclusive virou um podcast do “Locadora do Trash”.

O filme começa quando um estranho meteorito cai na terra de Nathan (Akins) e um liquido estranho contamina o lençol freático da fazenda e logo tudo vai para os ares. É legal como as coisas vão acontecendo aos poucos. Todos que tem contato com a água tem um estranho comportamento. Como os cães que ficam loucos, os legumes e as frutas ficam podres e todos animais sofrem mutações e ficam loucos também. A família Crane é uma que não escapa. Mas Zack (Wheaton) é um que percebe que tem algo estranho acontecendo, mas ninguém o da ouvidos.

elizabethrottingfood3
Nutritivo!

Quando vemos que as coisas começam a ficar mais sérias as pessoas que moram na fazenda tem as mutações e o pai pensa que é uma mensagem de Deus os castigando. Achei legal essa ligação religioso que eles fazem com a maldição e dentro do próprio enredo do filme, é uma chance plausível disso acontecer. O diretor David Keith trabalhou bem mexer o roteiro e a família com cada parte do roteiro. Então ele não colocou a carroça na frente dos bois. Mas claro que “A Maldição” da umas escorregadas feias. O ritmo do filme é um pouco lento em vários aspectos e faltou mais elementos de terror e até mais o gore também para completar as cenas.

E quando chegamos na parte do final do filme fica tudo corrido e sem explicações. Então mesmo tendo uma criança pequena, que por curiosidade é a irmã mais nova de Wheaton, sabemos que tudo vai ficar bem com a criança e com Zack. Se o final do filme fosse um pouco mais corajoso, o resultado com certeza séria outro.

“A Maldição” possui um típico problema de filmes dos anos 80 e 90, acelerar muito seus finais para explodir tudo na ultima cena. Então o começo e o meio deixa tudo muito pesado e chato de acompanhar. Por isso temos uma empatia melhor com os vilões do que com os “mocinhos”. Os assassinos possuem mais personalidade que os idiotas no filme todo.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s