Contos da Escuridão (1990)

tales-poster

1990 / EUA / 93 min / Direção: John Harrison / Roteiro: Michael McDowell; George A. Romero (Baseado nos contos de Arthur Conan Doyle e Stephen King) / Produção: Mitchel Galin, Richard P. Rubinstein; David R. Kappes (Coprodutor) / Elenco: Deborah Harry, Christian Slater, David Johansen, William Hickey, James Remar, Rae Dawn Chong, Matthew Lawrence, Steve Buscemi, Juliane Moore

Contos da Escuridão é aquele tipo de filme que você cresce não sabendo que tipo de filme que é. Bom digo isso porque quando era criança vi uma certa cena que me traumatizou e nunca soube que tipo de filme era. Até a internet salvar os traumas de infância de qualquer criança dos anos 90. Mas essa produção tem tudo que eu gosto. Além de ser divido em contos, uma coisa que adoro como o próprio “Creepshow” dos anos 80. Esse filme segue a mesma relação.

Tales from the Darkside” é uma espécie de seriado de contos de terror, coisa que estamos acostumados por aqui no Brasil também. Lembrando aqueles contos que passava no SBT como “Além da Imaginação”, “Contos da Cripta” ou até os mais infantis como “Clube do Terror” e “Goosebumps“. Sinceramente tenho um fascínio pelos contos de terror, talvez pela forma que a trama é desenvolvida rápida e nos sentimos mais submersos a tais eventos que um longa-metragem por exemplo.

talesfrom

Dirigido por John Harrison, que já tinha dirigido alguns episódios da série original nos anos 80 e também a mini-serie de “Duna”. Ele dirige muito bem todos os contos. Temos uma história principal que é muita engraçada que conta com a Debbie Harry a cantora do “Blondie” e também fez uma cacetada de filmes de horror, como um dos meus favoritos que é o “Videodrome” do Cronenberg. Alias o filme tem um monte de estrelas de primeiro escalão, como Julianne Moore, Christian Slater, Steve Buscemi, David Johansen o ex-vocalista do New York Dolls, Alice Drummond e James Remar (O pai do Dexter). Sem falar claro nos roteiristas como Michael McDowell que escreveu o “Estranho Mundo de Jack”, “Os Fantasmas se Divertem” e também “Maldição” de 1996, dirigida por Tom Holland. Além de Sir Arthur Conan Doyle e também George Romero e Stephen King.

A primeira história foi adaptada de um conto ainda inédito de Conan Doyle que é “Lot 249“. Michael McDowell escreveu a história e traz Christian Slater um rapaz popular da faculdade que é amigo de um nerd, que é protagonizado por Steve Buscemi. A história começa quando Buscemi recebe uma encomenda estranha e quando ele abre se revela que é uma múmia e dentro dela se tem uma maldição no qual quem ler o hieroglífico pode invocar os mortos. Assim ele usa esse isso a favor próprio e tenta se vingar de Julianne Moore no qual aprontou para que ele não entrasse na fraternidade dos sonhos. Essa história é bem contada e bem amarrada, apesar de alguns deslizes no roteiro como simplesmente Christian Slater desamarrar a múmia para sobreviver. Achei meio batido essa parte, mas mesmo assim uma puta história.

tales-from-the-darkside-the-movie-cat-from-hell

No segundo conto que se chama “Cat from Hell” que é Stephen King e inédita até então e só foi usada em 2008 no seu livro “Ao Cair da Noite“. Romero adapta esse conto do mestre. Alias os dois já tinham trabalhado juntos da segunda parte de “Creepshow”. Essa parceria volta nesse conto que é de arrepiar. E foi essa história que tinha me traumatizado na infância e não sabia de qual filme era. A história é simplesmente maravilhosa, ela usa do mito do gato preto coisa que até o Edgar Allan Poe gosta de usar e faz dele uma criatura realmente diabólica. No conto David Johansen é contratado para matar um gato que atormenta um idoso milionário. Mas esse idoso conta uma história cabeluda para o matador, ele fala que o gato não é comum, ele é um “serial killer” felino. Apos ser deixado na mansão, Johansen começa a caçar o gato. Até uma parte que acho de excelência de direção que é quando o gato entra por dentro da boca do matador, e começa a cavar o intestino dele e o mata sufocado.

Na ultima parte do filme que é um conto mais romântico se passa em Nova Iorque. Esse é uma história original de McDowell e se chama “Lover’s Vow“. Uma história muito foda que fala de um artista vivido por James Remar, falido e sem esperanças ele encontra uma coisa que vai mudar sua vida para sempre. No meio de uma bebedeira ele para mijar numa parede, quem nunca fez isso? E quando ele faz aquele xixi gostoso seu amigo é morto, ou melhor, esquartejado por uma gárgula. Apos sobreviver a esse ataque e fazer um juramento que nunca falasse isso para ninguém. Ele conhece uma mulher que muda a vida dele, assim ele vira um artista foda, tem uma mulher gostosa e filhos. Mas numa noite ele fala para sua mulher que foi atacado por uma gárgula. Acho que esse história é a mais “WTF” possível. Então quer dizer que ele transou com um bicho mitológico e teve “mini-gargulas“? É uma coisa para não se entender mesmo, apenas curtir o filme.

Contos da Escuridão é aquele típico filme que você assistiu uma vez e nunca mais esquecer, porque ele simplesmente é foda para caramba. E cumpre seu papel de assustar em algumas cenas e simplesmente consegue manter aquele clima de espanto muito bem feito como na série dos anos 80. Pena que nunca foi lançado em DVD no Brasil e apenas podíamos curtir em VHS. Mas como eu disse no começo. A internet salva vidas.

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s