Maniac Cop – O Exterminador (1988)

Maniac-Cop-1988

 

1988 / EUA / 85 min / Direção: William Lustig / Roteiro: Larry Cohen / Produção: Larry Cohen; Jefferson Richard (Coprodutor); James Glickenhaus (Produtor Executiv) / Elenco:Tom Atkins, Bruce Campbell, Laurene Landon, Richard Roundtree, William Smith, Robert Z’Dar, Sheree North

 

As vezes queria que “Maniac Cop” fosse uma ficção. Mas que já se envolveu com violência policial. E também sofreu  abusos de algum policial possa dizer que o filme de 1988 não seja assim tão fictício. A verdade é que vivemos num estado atual de “Atire primeiro e pergunte depois” coisa que é dita várias vezes no filme e simplesmente é glorificado para alguns policiais dentro do filme e também sem ser utópico é também na vida real em qualquer lugar na verdade.

Mas voltando a ficção de William Lustig, que dirigiu toda a trilogia do “Maniac Cop” e também o filme original de “Maníaco” de 1980 e que ganhou um “remake” muito bom alias em 2012 faz desse filme uma coisa bem legal. Apesar de claro alguns escorregões e também de como o roteiro é trabalhado, deixa o filme um pouco cansativo. O roteiro ficou por conta de Larry Cohen que fez uma série de filmes “Blaxploitation” nos anos 70 e dirigiu alguns de horror como o clássico cult  “Q – A Serpente Alada” e também “Nasce um Monstro” que fez a década de 70.

O elenco do filme também é foda, como o fodão Bruce Campbell, o rei dos filmes B que fez todos os excelentes “Evil Dead” e também as séries do “Homem – Aranha” que foi dirigida pelo Sam Raimi, no qual ele faz uma ponta no filme como um repórter. Outro rosto conhecido é Tom Atkins que fez uma série de produções clássicas do terror e trabalhou com diretores como John Carpenter, Fred Dekker, Dario Argento e George Romero. E Laurene Landon que fez uns trash como “A Coisa” e “A Ambulância” de 1990 que foi dirigida por Larry Cohen.

PDVD_014

O filme começa com um policial se preparando para o trabalho. Gostei do começo porque se você for percebendo depois com a descrição que os outros policiais fazem do policial maníaco (esse é o apelido que ele tem no filme) é como se ele se preparasse para a guerra ou gostasse do que estava fazendo de carregar a arma, pegar as algemas e etc… É um caçador se preparando para a caça. Tudo se passa numa Nova Iorque suja e escura, mesmo de dia vemos uma camada tensa e tudo. E aqueles esgotos que toda hora sai uma fumaça dos canos. Esse é o cenário, parece mais um “Fuga de Nova Iorque” do que outra coisa.

A violência está alta e assim tudo vários assassinatos ocorrem por toda a cidade. Um ponto legal do filme é como não temos o herói clássico, e sim Bruce Campbell sendo ele mesmo, uma pessoa totalmente desagradável e quando ele aparece traindo a esposa e logo em seguida levando a culpa pela morte dela. Ele é taxado como o “Maniac Cop”. Resta então ao detetive Frank McCrae (Atkins) achar quem é o verdadeiro maníaco. E a perseguição começa, aos poucos ele descobre que os assassinatos estão ligados ao passado de uma pessoa o policial Matt Cordell (Robert Z’Dar) e que a história dele vai do comissário de polícia até o prefeito. Convencido que Cordell é na verdade o “Maniac Cop” ele conta com a ajuda de Theresa (Landon) para desvendar esse caso.

Maniac Cop 2

Mas quando Frank é morto na delegacia por Cordell, quem assume o posto de herói é Jack (Campbell). Ele e Theresa fogem da delegacia. Em alguns momentos depois de um corte temos Cordell que está sonhando e por meio desse sonho com alguns “flash-backs” envolvidos vemos o que aconteceu na verdade com Cordell para ele ficar daquele jeito. Algumas coisas não são explicadas no filme. Tipo como ele consegue ser imortal daquele jeito ou até como ele sobrevive a várias facadas e sai imortal do hospital. São coisas como essa que faltam na história e deixe um pouco mais coerente as coisas.

A parte final quando Jack é preso e sequestrado por Cordell temos uma perseguição, que é uma homenagem aqueles filmes B que Cohen tanto dirigiu e vemos que Jack enfrenta o maníaco de todas as maneiras, até que Cordell é empalado e o carro de policia cai na água. Mas depois que o carro é erguido que ele não está lá e rapidamente temos um corte no cabinete do prefeito e vemos que o maníaco está atrás da cortina. Bom, esse momento é “WTF” mas né? Fazer o que? Mas “Maniac Cop” não deixa de ser um filme ruim por causa disso, só menos bom. Lembrando que ainda tem mais dois filmes então é esperar muita bagaceira.

 

Nota: 

Baixe o filme com  legenda aqui ou baixe a trilogia

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Maniac Cop – O Exterminador (1988)

  1. Pingback: Locadora do Trash – Maniac Cop

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s