Pânico ao Anoitecer (1976)

the-town-that-dreaded-sundown-poster

1976 / EUA / 86 min / Direção: Charles B. Pierce / Roteiro: Earl E. Smith /Produção: Charles B. Pierce, Tom Moore (Produtor Associado), Samuel Z. Arkoff (Produtor Executivo) / Elenco: Ben Johnson, Andrew Pine, Dawn Wells, Jimmy Clem, Jim Citty

O legal dos filmes de horror é conhecer as referências de várias coisas. Como o Leatherface que foi inspirado pelos crimes verdadeiros do serial killer  “Ed Gein”. E assim podemos citar entre outros, mas um que assisti essa semana e estava no acervo da Netflix é o espetacular “Pânico ao Anoitecer”. O filme é inspirado em crimes verdadeiros e também em um assassino verdadeiro que é o “Ghost”. O filme é ambientado nos anos 40, mas especificamente em 1946 depois do fim da segunda guerra mundial. E vemos uma cidadezinha americana aterrorizada por um assassino serial. Os crimes é muito parecido com o do “Zodíaco”, claro que ele era mais complexo, porque o Zodíaco queria ser pego, mas nunca foi e assim nunca foi achado e apenas tiveram muitas duvidas de quem era o assassino. Podemos ver muitas coisas desse filme que serviu de influencia para o David Fincher construir seu filme baseado nesse mitológico assassino. Sem contar que temos o slasher clássico do assassino mascarado. Que vai influência outros filmes como “Halloween” de 1978 e mais tarde “Sexta Feira 13 – Parte 2” pelo próprio visual do Jason que foi uma copia fiel desse filme.

06-1

Pânico ao Anoitecer, apesar de começar com um clima mais “light” se podemos dizer assim, ele cresce de uma forma assustadora. Temos um assassino que começa sendo didático e sistemática e logo vira um “porra loca” que começa a matar de qualquer forma. O filme apresenta pontos de comédias legais que fica por conta do policial que também é o diretor do filme que é o Charles B. Pierce. A produção que conta até com uma narração lembra aqueles filmes dos anos 50 do “Atomic Horror” onde tudo era narrado. A narração serve como um próprio apoio para narrar o que o assassino está fazendo e até as próprias ações da policia. Acho que um erro que o filme proporcionou é não apresentar suspeitos, então não tem como você suspeitar de ninguém.

Mas um ponto bem legal é como o diretor brinca com o “American Dream” do pós-guerra e essa sensação de recuperação econômica que a guerra proporcionou. Mas mesmo com esses tempos áureos que a cidade de Texarkana teve, o medo do desconhecido sonda aquela cidadezinha. Algumas coisas poderiam ser mais bem exploradas como o pânico geral, porque foi legal ver como a cidade ficou com certo medo de não andar a noite na cidade. Os crimes do “ghost” são bem macabros. acho que até mais macabros que do próprio Jason ou até do Mike Myers de Halloween. O assassino mordia suas vitimas, as mulheres principalmente e deixava o corpo mutilado. Tem uma cena muito foda que mostra o sadismo do assassino que é quando ele ataca um casal de músicos e pega o trombone que a moça toca e coloca uma faca na ponta e cada vez que ele toca, a mulher é esfaqueada. O sadismo dele proporciona várias mortes diferenciadas e uma ora é usando uma barra de metal, uma faca ou até um 38 com um silenciador. Outra coisa legal é mostrar a “realidade” de seus atos, se assim podemos dizer. Porque ele não é um assassino implacável que deixa todas as suas vitimas mortas, ele perde várias delas e também vacila várias vezes. Principalmente na parte final do filme onde ele decide trocar tiros com a policia.

thetownthatdreadedsundown12

Apesar de algumas coisas que deixam o filme as vezes repetido, as cenas de humor são bens construídas, o suspense apesar de algumas vezes pífio é bem executado e claro toda aquela áurea de nunca saber quem é o assassino na verdade que deixa ainda mais legal toda essa produção, então não tem aquele final mongolão de revelar tudo para o publico no final. Nunca vamos saber quem é o assassino na verdade. E lembrando sempre que o filme é baseado em fatos reais. Então fã do horror procure sempre as referencias dos seus filmes favoritos e assim você vai ver como é foda uns filmes mais antigos e até mais fodelhão do que você gosta.

Nota:     

Baixe o filme com   Legenda + Filme  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s