Comando Assassino (1988)

Monkey_shines

Comando Assassino (Monkey Shines)

1988 / EUA / 113 min / Direção: George A. Romero / Roteiro: George A. Romero (baseado no livro de Michael Stewart) / Produção: Charles Evans; Peter R. McIntosh (Produtor Associado); Peter Grunwald, Gerald S. Paonessa (Produtores Executivos) / Elenco: Jason Beghe, John Pankow, Kate McNeill, Joyce Van Patten, Christine Forrest, Stanley Tucci

 

Romero é mais conhecido pelos seus filmes de zumbis, ele praticamente criou esse mundo e colocou suas regras lá. Sempre é bom começar analisar sua carreira e ver evolução no gênero, desde “A Noite dos Mortos Vivos” de 1968 até agora. Mas Romero também fez ótimos filmes que fogem do gênero zumbi, tal como “Martin”, “Exercito do Extermínio” e o próprio “Comando Assassino”.

É legal ver como ele muda de assunto quando analisamos cada filme em sua carreira. Visto por esse que foi lançado em 1988 que conta com uma história até que simples de um atleta que fica paralítico e o seu amigo lhe da um macaco treinado para auxiliá-lo no dia-a-dia, e também para fazer companhia. Allan Mann (Jason Beghe) faz o atleta que sofre o acidente, o seu papel não tem grande destaque, mas de certo modo é atraente dentro do filme. Já o macaco que ele ganha, tem o nome de “Ella” e é quem faz a trama. O filme começa com uma explicação falando que nenhum animal sofreu dentro das gravações e eles foram treinados para atuar. Bom isso da uma tranqüilidade apesar do filme ser mais suave do que podemos imaginar. Depois que acontece o acidente vemos Allan tentando se adaptar essa vida de cadeirante, e ao mesmo tempo tentando achar um motivo para continuar vivo. Já que a depressão toma conta dele, quando o macaco chega, à vida de Allan muda e podemos ver a transformação que Ella causa em sua vida.

monkey shines pic3

O roteiro também é sensacional, primeiro porque Romero soube montar uma história coerente, usando tanto reflexos condicionados que é um experimento valido e deixou a imaginação correr solta com esse assunto. O filme lembrou também histórias de terror antigas como a ciência e o misticismo andavam juntos que era uma coisa muito legal esse misto de mundos. A partir desse conceito vemos que Ella não é um macaco comum já que ela desenvolve um apetite assassino fora do normal. Ella se vê como uma parceira afetiva de Allan, então ela começa a matar as pessoas que prejudicou ele, e também o protege do mundo. Eles desenvolvem um elo psíquico. As cenas que mostram esse elo são muito bem feitas, principalmente pela fotografia que lembrou também a “steadicam” usada no “Evil Dead” do Sam Raimi. Só que num grau com mais renda.

Quando o filme entra no terceiro ato é que vemos a importância da equipe do filme, porque o macaco toma conta da história. É incrível como ele domina todos os seres humanos na cena e ao poucos vai matando. O macaco é cruel de verdade, ela deseja Allan só para si. E essa questão humaniza bastante o macaco, a questão da posse, já que por natureza eles são bígamos.

Monkey_Shines_007

“Shakma” que também é um filme legal pegou carona com a história de “Comando Assassino”, que embarca ao deixar um conflito de homem versus natureza mais evidente e mostrar novamente como em “Planeta dos Macacos” que somos frágeis demais relacionados com outros elementos naturais. Um bom filme que merece ser visto e revisto. Romero da um show de direção e roteiro e mostra para nós que ele é mais do que filmes de zumbis, que são muito bons, mas Romero é um gênio no terror e no suspense.

Nota:     

Essa crítica foi publicada originalmente em Minha Visão do Cinema

baixe o filme com Legenda + Filme

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s