Sobrenatural (2010)

sobrenatural-insidious-02

2010 / E.U.A / 104 min / Direção: James Wan / Roteiro: Leigh Whannell / Produção: Jason Blum, Oren Peli, Steven Schneider/ Elenco: Leigh Whannell, Rose Byrne, Patrick Wilson,  Patrick, Josh Lambert, Lin Shaye, Ty Simpkins

A primeira vez que vi um filme do James Wan foi o incrível “Gritos Mortais”. Achei muito interessante ele usar efeitos práticos no filme, e não o CGI que estamos acostumados por ai.

James Wan se juntou com o seu amigo Leigh Whannell para escrever o filme. Os dois também são os criadores da série de sucesso “Jogos Mortais”, uma série que começou com uma proposta legal, mas ao longo dos 7 filmes ela se perdeu e virou algo totalmente comercial, sem o impacto dos primeiros filmes.

MASK OF HORROR: Joseph Bishara as Demon, left, and Patrick Wilson as Josh in ‘Insidious.’

“Sobrenatural” é um filme que recupera o “horror house” e vamos dizer que revoluciona também o termo. Primeiro por apresentar uma proposta diferente de terror. Sabemos que há algo na casa, mas não sabemos o que é. O filme conta a historia de Josh Lambert (Patrick Wilson) e de sua esposa Renai (Rose Byrne) que se mudam para os filhos para uma casa. No começo do filme já esperamos que algo aconteça, como já estamos acostumados com filmes desse gênero. Mas ele dá umas voltas, ou em termos técnicos os “plot twist”, que são as viradas do filme, te leva para outra direção. Dalton (Ty Simpkins), o filho mais velho do casal, entra em coma e não sabemos o porque, mesmo a historia insinuando que foi por causa de algo da casa.

O filme dá um pulo e se passa 3 meses, o garoto ainda continua em coma. E o casal se muda para uma casa menor no subúrbio. Mas mesmo assim eles são atormentados por fantasmas que entram em suas vidas. Cansados e mesmo com a resistência de Josh em não acreditar no que está acontecendo tanto com a sua mulher e seu filho, eles chamam alguém para descobrir o que está havendo com a casa ou com a sua família.

insidious-sequel-release-date

Eles chamam algo parecido com “caçadores de fantasmas” e a força que envolve o casal é tão forte que eles são obrigados a chamar uma paranormal. Elise Rainier (Lin Shaye) entra em cena, ela parece conhecer o passado de Josh e sua descrença em relação ao paranormal. Elise entra em contato com a assombração que está atormentando e descobrimos o porque de Dalton estar em coma, e assim temos mais um “plot twist”. Achei muito bem sacado explorar isso. Dalton na verdade faz viagens extracorporal, e numa dessas viagens ele se perde e fica preso fora do seu corpo. E um demônio o captura, e aos poucos essa entidade tenta possuir o corpo de Dalton, ao mesmo tempo que outras entidades no caso fantasmas aparecem para tentar possuir o garoto, por isso a mãe dele vê tantos espíritos pela casa.

Aos poucos parece que eles não conseguem “exorcizar” o garoto e Elise propõe algo diferente, nisso descobrimos um pouco de Josh. Vemos que ele tinha os mesmos problemas que o filho quando criança, e Elise o ajudou a superar e fez ele ter uma “amnésia forçada” para superar esses problemas. Josh então é submetido a uma sessão e consegue fazer a vigem extracorporal para encontrar seu filho. James Wan usa novamente o que ele usou em “Gritos Mortais” como o colorido misturado com o branco e preto, o uso de “flash-bacus” e o elemento surpresa para assustar o espectador, quando Josh está no submundo para achar seu filho.

sobrenatural-insidious-01

Quando finalmente ele chega onde Dalton está preso, essa parte me lembrou muito os filmes do Guilhermo Del Toro como o “Labirinto do Fauno”, onde temos o horror misturando com o conto de fadas e a inocência das vítimas. Muitos reclamam que no terceiro ato do filme ele se perde, mas acho que não, ele continua fiel com o que estava acontecendo, acho que muito o que o filme aborda é o ponto de vista, dentro daquele mundo que o filho estava preso. Ele encara aquilo como o conhecimento de mundo que ele tem, um calabouço, uma historia de fadas.

A parte final do filme achei legal e bem bolada, ele brinca com a sorte e com o passado.

James está fazendo uma continuação do filme, e estou bem curioso para saber o que vai acontecer, já que o final desse filme fecha de uma forma “redonda” os eventos. Só espero que eles não façam uma espécie de “origens” porque assim acabaria com um excelente filme de terror. Bem, o jeito é esperar e se assustar com o novo filme.

Como um fã do filme de terror, ou melhor, um viciado nesse gênero, esse “Sobrenatural” consegue agradar a todos, desde pessoas que estão acostumados com o clichê até aqueles que querem ser submergidos ao um mundo totalmente diferente do que vemos por aí.

Nota:       

baixe aqui com Legenda + Filme

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s