A Morte do Demônio (1981)

evil_dead_1_poster_02

1981 / EUA / 85 min / Direção: Sam Raimi / Roteiro: Sam Raimi / Produção: Robert G. Tapert, Irvin Shapiro, Gary Holt (Produtor Associado), Sam Raimi e Bruce Campbell (Produtores Executivos) /Elenco: Bruce Campbell, Ellen Sandweiss, Richard DeManincor, Betsy Baker, Theresa Tilly

Um filme B é menor que um filme A? Se Stanely Kubrick tivesse dirigido “A noite dos Mortos Vivos” ele séria um deus do cinema, como ele é considerado hoje em dia?

E filmes B podem se levados a sério? Muitas pessoas imaginam filmes menores com filmes “trash”. Mas o que muita gente não sabe é que “Casablanca” um clássico do cinema é um filme b. Bem a vários diretores que começaram e ainda fazem terror que são geniais. Podemos citar John Carpenter, Wes Craven, Tobe Hopper e até mesmo Steven Spielberg como um diretor de filmes B.

evil-dead-e1366347416598

Mas até dentro desse circuito “undreground” temos diretores que driblaram ou ainda driblam várias diversidades para filmar e passar sua visão de mundo para a tela como no caso do genial Ed Wood, John Waters e mais recente Harmony Korine.

Em 1981, Sam Raimi fez o que muitos consideram um dos melhores filmes de terror. Que é “A Morte do Demônio”, ele tinha apenas 22 anos quando realizou esse filme como conclusão de curso. Ele chamou alguns amigos, conseguiu financiar o filme com familiares e com o comercio local de sua cidade, e realizaram esse que é um dos maiores filmes de sua carreira. O talento e a ousadia de Sam Raimi foram muito bem aplicados ao filme, primeiro pelo custo baixíssimo da produção. E o uso genial da subjetiva, que é quando você vê o que se passa pelo olhar do personagem que está no quadro, no caso desse enquadramento ele usou uma tabua e amarrou a câmera em cima para dar esse ar de mistério. E detalhe Joel Coen, fez parte da produção do filme como assiste de edição.

A trama do filme foi o que guiou depois o tema “terror na cabana”, que muitos consideram um gênero fraco e ruim. Bem “O Iluminado” é quase o mesmo gênero se tirarmos o hotel e colocarmos uma cabana não muda muito.

O filme começa com 5 amigos indo para uma cabana de férias nas montanhas. Chegando lá você conhece aonde o filme vai se passar e o que esperar daquele cenário; Um lugar calmo e isolado e uma pequena cabana de madeira. Sam Raimi, já coloca o sobrenatural nas primeiras cenas; Quando Scott (Richard DeManincor) chega à cabana um banco fica batendo na casa por causa do vento, mas logo que Scott encosta na casa, o banco para junto com o vento.

Quando eles estão instalados dentro da casa, uma porta abre misteriosamente e a curiosidade faz com que eles vão ver o que tem lá embaixo. Scott e Ash (Bruce Campbell) exploram o local e encontram uma arma, um gravador e um estranho livro. Quando eles sobem e ouvem o que tem na gravação se revela uma estranha historia envolvendo demônios e possessão. Scott começa a ouvir e de repente Cheryl (Ellen Sandweiss) uma das garotas do grupo começa a gritar. E lança uma profecia dizendo que todos irão morrer naquela noite e um a um todos irão cair. Cheryl ouve um barulho na floresta e vai ver o que está acontecendo, e é atacada pela própria floresta, Raimi repete novamente essa cena com o uso da subjetiva e aumenta ainda mais o mistério, sobre o que estamos enfrentando. Até chegar o momento em que ela é possuída e o demônio se revela. Apesar da maquiagem parecer vinda de um trabalho de escola de crianças, ela consegue ser realmente assustadora. Outro ponto legal do filme é que ele não explica como as pessoas ficam possuídas, você não sabe se é por contagio ou é tóxico. É um total mistério.
Como prometido um a um dos amigos vão caindo e virando demônios, somente Ash consegue sobreviver ao mal.

a-morte-do-demc3b4nio1

O primeiro filme é totalmente ausente de humor, já que o filme teve mais duas continuações e mudou o nome também. No Brasil ele ficou conhecido como “Uma Noite Alucinante II”. Provando novamente como na dublagem somos ótimos em escolher títulos para filmes. Mas voltando, Ash consegue sobreviver, e a parte final do filme é bem gore. O legal que o filme usa mais um efeito que só aumenta a sua qualidade, que é o uso do “stop-motion”. A técnica é magnífica. E ela é muito bem feita e bem trabalhada no filme, as cenas em que os amigos de Ash começam a morrer são demais, eles derretem e o uso dos efeitos não só nos amigos, mas no livro que serve para invocar os demônios também é soberba.

Esse ano eles lançaram uma nova versão do filme e realmente está muito boa, prometendo tudo que os trailers passaram e deixaram ainda mais gore e nostálgica. Sentia falta de filmes assim e sinto ainda mais falta de filmes de horror do Sam Raimi.

Nota: 

Baixe o filme com legenda aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s